segunda-feira, 30 de abril de 2012

PEDRA NA VESÍCULA- SINTOMAS



Um problema que afeta milhares de pessoas em todo o mundo e também no Brasil e que ainda assim é um mistério para muitas pessoas é a pedra na vesícula. Apesar de comum as causas e sintomas são desconhecidos pela grande maioria das pessoas e é de fundamental importância que se saiba identificar para não só tomar os devidos cuidados na prevenção como também para procurar por um pronto atendimento tão logo sinta os sintomas iniciais. 

A vesícula biliar é um órgão que está localizado próximo ao fígado e tem vital importância para este outro órgão, visto que sua função é a de armazenar a bile que é uma substância produzida pelo fígado e é liberada para o intestino após as refeições. 

A bile tem a função de ajudar na digestão de gorduras e é produzida por meio do colesterol, mas a bile pode causar um problema que pode levar o paciente a ter fortes cólicas abdominais, que são os cálculos biliares. 

Os cálculos biliares são formados quando a água contida na bile é absorvida pelo organismo, tornando-a mais espessa, assim as substâncias presentes na bile ficam alojadas dentro da vesícula. 
Os principais sintomas de quem tem pedras na vesícula ou cálculos biliares é a cólica, que pode ser muito intensa de acordo com o agravamento da doença, como nos casos em que há obstrução do duto biliar fazendo com que o paciente tenha uma dor muito intensa do lado direito superior do abdômen e também nas costas. 

Publicidade:


A dor pode ser persistente e durar dias, com picos de intensidade logo depois das refeições, ela pode ser acompanhada por febre, náuseas e até vômitos.

 Os cálculos biliares podem ter diversas causas e algumas podem aumentar o risco de tê-los como dieta rica em gorduras e carboidratos e sem a presença de fibras; falta de exercícios físicos; diabetes; obesidade; cigarro; anticoncepcionais por tempo prolongado e o fator genético, visto que as pessoas que têm casos na família possuem maiores chances de ter o problema que pode ser resolvido com o uso de medicamentos ou por meio de cirurgia na qual se faz a retirada da vesícula ou somente dos cálculos.


Também é conhecida por colelitíase esta presença de cálculos na vesícula e estes cristais podem se apresentar de formas variadas e também em tamanhos diversos de acordo com sua composição. 

Diferente do que se imagina o perigo maior é para os de tamanhos menores já que eles podem migrar e até mesmo obstruir os dúctos o que irá complicar ainda mais a situação do paciente.

Leia Também:

Estes cristais podem ser formados por sais de cálcio, colesterol e até serem mistos como é mais comum na maioria dos casos. Ao sentir os sintomas é fundamental que você procure seu médico para que ele possa averiguar e se for constatado tratar as pedras na vesícula o mais rápido possível.



Gostou do Blog?? Cadastre seu E-Mail e Receba as Atualizações:
PEDRA NA VESÍCULA- SINTOMAS
Blog DCH- Fotos e Vídeos

0 comentários :

Postar um comentário

Não encontrou? Pesquise no Google:

Sobre o Autor:


Rafael Zucco
, 31 anos, Palmeirense, Guarulhense e Boa Gente, escreve Profissionalmente em Blogs desde 2008 e gosta de jogar Poker nas horas vagas.