segunda-feira, 12 de setembro de 2011

CINTA PÓS-PARTO | QUANDO USAR?



O nascimento de um bebê é o momento mais feliz da vida de uma mãe, pois após a longa espera de 9 meses finalmente ela poderá ver a feição do ser que cresceu dentro dela. Mas apesar de todo esse contentamento as mulheres, especialmente as que fizeram cesáreas ficam muito preocupadas e sensíveis quanto ao seu próprio corpo que ficou um tanto diferente, especialmente a região do abdômen.

Por isso o uso da cinta pós-parto é recomendado para esses casos, pois além de ajudar a recuperar a elasticidade da barriga, fazendo com que ela volte ao tamanho normal, da maior segurança para a mulher que está preocupada com os pontos da cesárea, que causam desconforto no abdômen quando a mãe faz algum movimento. E também vem com sutiã próprio para a amamentação, dando melhor sustentação aos seios.

Para as mulheres que tiveram partos normais e que também querem usar a cinta, a melhor opção é a cinta-calcinha, que fica na altura do umbigo. É indicado que a cinta seja usada após a primeira evacuação. Já o tempo de uso depende da preferência de cada mulher. Geralmente, a maioria delas, as usa durante a quarentena. E também há médicos que aconselham que o período certo para permanecer com a cinta é de 2 meses sempre diminuindo o tamanho, de acordo com que a barriga vai muchando, deve apertar mais a cinta.

Publicidade:


Mas não é preciso comprar vários tamanhos de cintas, pois muitas já vêm com regulagem, outras você pode mandar apertar na costureira. Os preços entre 20 e 226 reais, de acordo com a marca e se tem ou não regulagem.

Mas apesar delas melhorarem o aspecto externo da silhueta e darem mais segurança à mulher, há especialistas que acreditam que o uso constante da cinta impede os músculos de se movimentarem, assim atrapalhando o fluxo sanguíneo, o que em vez de ajudar, pioraria a recuperação dos tecidos. Além disso, em caso de parto normal, os especialistas recomendam que só se use a cinta após o primeiro mês, pois assim o útero já vai estar no lugar, então você não correrá o risco de ele pressionar a musculatura pélvica, o que poderia levar a problemas, um deles é o de “bexiga caída”.

Por isso o mais indicado é você conversar com seu médico e pedir a orientação dele quanto ao uso da cinta, lhe falando se você deve ou não usar e qual o tipo que não vai te prejudicar. Assim ele saberá te informar qual a melhor opção para você, além de lhe recomendar os devidos cuidados que você deve tomar após o parto. E também é bom se certificar de que as cintas são confortáveis, pois elas nunca podem ser apertadas.


Gostou do Blog?? Cadastre seu E-Mail e Receba as Atualizações:
CINTA PÓS-PARTO | QUANDO USAR?
Blog DCH- Fotos e Vídeos

0 comentários :

Postar um comentário

Não encontrou? Pesquise no Google:

Sobre o Autor:

Rafael Zucco
, 30 anos, Palmeirense, Guarulhense e Boa Gente, escreve Profissionalmente em Blogs desde 2008 e gosta de jogar Poker nas horas vagas.